quarta-feira ,8 fevereiro 2023
Home / MMA internacional / Deiveson Figueiredo diz que Brandon Moreno tem ‘psicológico fraco’ e garante: ‘Eu sou o pesadelo dele’

Deiveson Figueiredo diz que Brandon Moreno tem ‘psicológico fraco’ e garante: ‘Eu sou o pesadelo dele’

Deiveson Figueiredo vai enfrentar Brandon Moreno pela quarta vez, agora no UFC 283, no Rio (Foto: Reprodução/Instagram/@ufc_brasil)

 

Atual detentor do cinturão linear peso-mosca do UFC, Deiveson Figueiredo vai ser protagonista, junto com seu adversário, Brandon Moreno – campeão interino da categoria -, de algo inédito na história do Ultimate. Pela primeira vez, o Ultimate vai promover uma “quadrilogia” entre dois lutadores ao longo da sua trajetória de 30 anos nas artes marciais mistas.

Desde o ano de 2020, Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno já se enfrentaram três vezes, com uma vitória para cada lado, além de um empate. No último encontro, em janeiro do ano passado, Deiveson Figueiredo levou a melhor sobre o mexicano na decisão unânime dos jurados após cinco rounds de combate.

O quarto e aguardado confronto entre os rivais acontece no próximo sábado (21), no co-main event do UFC 283, que será realizado no Rio de Janeiro, mais uma vez com o cinturão peso-mosca em disputa. Na última quarta-feira (18), em conversa com jornalistas em um hotel da “Cidade Maravilhosa”, Deiveson Figueiredo falou sobre a sua rivalidade com Brandon Moreno e das suas expectativas para mais um duelo contra o mexicano.

Confira abaixo a entrevista com Deiveson Figueiredo:

– Provocações a Brandon Moreno

Eu sou o pesadelo do Brandon. É a única luta que o UFC tem para vender, Deiveson Figueiredo vs Brandon Moreno. Eu acho que ele tem muito medo de mim e sei também que ele não me suporta, e isso faz a diferença para mim, vai fazer com que eu vença ele mais uma vez.

– Fato de fazer a primeira luta contra Deiveson Figueiredo no Brasil
Bom, eu fiz três lutas contra o Brandon Moreno, e nas duas últimas lutas, eu senti que o público dele era 25% mexicano, e agora ele vai estar lutando embaixo da minha torcida. Estou muito feliz, porque sei que a nação brasileira vai estar comigo, me passando energia positiva e eu vou entrar para dar um espetáculo, para dar um show. Posso prometer isso desde já.

– Na sua opinião, o Brandon Moreno pode sentir a pressão da torcida brasileira?

Com toda certeza (ele pode sentir a pressão da torcida brasileira). O Brandon Moreno é um garoto que, psicologicamente, ele é fraco, frágil. O fato de lutar embaixo da minha torcida, certamente, vai deixar ele com um nível de aflição muito alto. Tenho certeza que ele vai estar pressionado, sim.

– Foco na vitória e importância do apoio da torcida no próximo sábado

Eu não tenho posição para vencer, pode ser de qualquer forma, por nocaute ou finalização. Só quero entrar ali e vencer. Eu estou com essa vontade dentro de mim, isso está no meu coração e eu vou fazer de tudo para sair como vencedor e campeão. Estar com a torcida ao lado me deixa ainda mais forte. Eu sou um tipo de lutador que faz a luta se tornar empolgante e eu me torno ainda mais perigoso quando tem pessoas me apoiando. Eu vou pra cima, vou dar meu máximo, podem ter certeza que vou entrar para vencer e com uma vontade grandiosa.

– Após enfrentá-lo tantas vezes, o que muda na estratégia para essa quarta luta?

Toda luta é uma estratégia. Certamente ele vai vir com um novo jogo para tentar inibir a estratégia que eu usei para ganhar ele na terceira luta, mas o que ele não espera é que eu também estou evoluindo na minha estratégia. A estratégia que eu usei para vencê-lo na terceira luta, nesta quarta ela vai vir muito mais refinada.

– Você acha que Moreno tem um psicológico fraco. Como fazer para isso não te prejudicar e entrar no octógono menosprezando o mexicano?

Eu não menosprezo ninguém. Se tem algo dentro de mim que eu não faço é isso. Eu entro com vontade de vencer, e a minha vontade de vencer vai me tornar campeão, vai fazer com que eu saia vencedor no próximo sábado.

– O que mudou no Deiveson Figueiredo desde a derrota para Brandon Moreno até essa quarta luta?

Bom, o diferencial foi eu ter saído da minha zona de conforto para fazer a minha terceira luta com ele. Eu levei alguns treinadores comigo para eles aprenderem coisas novas também, e com esses aprendizados, voltamos para casa, para Belém do Pará, e minha empresa evoluiu muito. Quando falo minha empresa, é minha academia, onde realizei meu camp dessa vez.

Quando tive aquelas complicações, eu estava bem no início da minha academia, então era muita coisa… Era treinar, lidar com funcionários, mas hoje eu tenho pessoas competentes trabalhando na empresa, que não deixam chegar nada a mim. Meus treinadores também não deixam chegar nada, por isso fiz um camp em paz, focado na luta, determinado e estou 100% pronto para sair campeão no sábado à noite.

CARD COMPLETO:

UFC 283
Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro (RJ)
Sábado, 21 de janeiro de 2023

Card principal (00h, horário de Brasília)
Peso-meio-pesado: Glover Teixeira x Jamahal Hill
Peso-mosca: Deiveson Figueiredo x Brandon Moreno
Peso-meio-médio: Gilbert Durinho x Neil Magny
Peso-mosca: Jéssica Bate-Estaca x Lauren Murphy
Peso-meio-pesado: Johnny Walker x Paul Craig

Card preliminar (20h, horário de Brasília)
Peso-meio-pesado: Mauricio Shogun x Ihor Potieria
Peso-médio: Gregory Robocop x Brunno Hulk
Peso-leve: Thiago Moisés x Melquizael Costa
Peso-meio-médio: Gabriel Marretinha x Mounir Lazzez
Peso-pesado: Shamil Abdurakhimov x Jailton Almeida
Peso-leve: Ismael Marreta x Terrance McKinney
Peso-meio-médio: Warlley Alves x Nicolas Dalby
Peso-pena: Josiane Nunes x Zarah Fairn
Peso-galo: Luan Lacerda x Cody Stamann
Peso-galo: Daniel Marcos x Saimon Oliveira

Você pode Gostar de:

Glover, Deiveson, Moreno e Hill abrem pesagem oficial e confirmam lutas por cinturões

  As duas lutas principais do UFC 283, com cinturões em jogo no sábado no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *