terça-feira ,19 janeiro 2021
Home / MMA internacional / Ex-campeão dos moscas elogia Deiveson, mas ressalta que brasileiro precisa se provar

Ex-campeão dos moscas elogia Deiveson, mas ressalta que brasileiro precisa se provar

 

Desde que venceu Joseph Benavidez pela primeira vez, em fevereiro, Deiveson Figueiredo colocou o peso-mosca (57 kg) em evidência. As atuações dominantes diante do veterano e em sua primeira defesa de cinturão, diante de Alex Perez, fizeram com que muitos fãs voltassem a ter interesse em acompanhar o desenvolvimento da categoria, mas o empate com Brandon Moreno, em duelo válido pelo UFC 256, mudou o cenário. De intocável, Deiveson foi analisado por Demetrious Johnson e apontado como um campeão que ainda precisa se provar.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, Johnson, que dominou os moscas de 2012 até 2018 e quebrou o recorde de defesas de cinturão do UFC (teve sucesso 11 vezes), elogiou o atual número um e listou suas principais armas, porém explicou que ainda é cedo para alçá-lo ao status de campeão dominante. Para ‘DJ’, Deiveson precisa mostrar mais no octógono e revelou que uma luta contra Henry Cejudo, outro ex-campeão da divisão, seria importante para definir até onde o brasileiro pode ir nela.

“Só o tempo dirá se o hype é real. Se eu acho que Figueiredo é um bom atleta? Com certeza, mas ainda preciso vê-lo contra lutadores diferentes, com estilos diferentes. É aí que veremos. Gostaria de vê-lo lutar contra Henry Cejudo ou contra alguém experiente no jogo, que seja capaz de vencer. Só o tempo dirá. Quando lutei contra (Joseph) Benavidez pela primeira vez, venci por decisão e, na segunda, por nocaute. Deiveson Figueiredo é um grande atleta, bate forte, tem um queixo bom e é completo. Lutadores que geralmente batem forte, não conseguem ir bem no grappling, mas ele pode fazer tudo”, decretou Johnson.

O duelo entre Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno, válido pelo UFC 256, terminou empatado, após uma batalha que, na opinião de muitos fãs, merece concorrer ao prêmio de melhor luta do ano. A dupla atuou 21 dias depois de ter sucesso na edição de número 255 e Dana White já expressou o interesse em realizar a revanche.

Você pode Gostar de:

Campeã dupla do UFC, Amanda Nunes recebe pela terceira vez o Oscar do MMA de melhor lutadora

  Amanda Nunes, que é campeã da categoria dos galos e dos penas do UFC, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *