quarta-feira ,30 setembro 2020
Home / MMA nacional / Taura MMA confirma combate entre Renê Soldado e ex-UFC para card preliminar de edição no Rio de Janeiro

Taura MMA confirma combate entre Renê Soldado e ex-UFC para card preliminar de edição no Rio de Janeiro

Taura MMA confirma combate entre Renê Soldado e ex-UFC para card preliminar de edição no Rio de Janeiro; confira

 

O card preliminar do Taura MMA 10 vai ter um duelo digno de luta principal em muitos eventos pelo Brasil: Renê “Soldado”, um dos principais atletas do MMA nacional na atualidade, vai encarar Wendell Oliveira, o Wendell “Negão”, veterano atleta com passagens por grandes organizações pelo mundo, como ACB e UFC.

No show do dia 23 de outubro, que acontecerá na Upper Arena, no Rio de Janeiro (RJ), e que terá as estreias de Serginho Moraes e Rousimar Toquinho, Wendell fará seu debute entre os pesos-médios (84 kg), enquanto ‘Soldado’ voltará à categoria em que teve 100% de aproveitamento na organização brasileira SFT. Renê está ciente de que nenhum dos dois terá missão fácil na divisão – que tem, além de Serginho Moraes e Toquinho, nomes como Viscardi Andrade, Antônio Trocoli e Eric Spicely.

“Ele (Wendell) é um atleta muito rodado, tarimbado, e eu estou pronto para essa guerra e para dar um grande show para o público. Creio que ele também vai chegar muito bem física e tecnicamente. É um atleta muito experiente, com passagem nos maiores eventos do mundo. Acho que vamos dar uma movimentada nessa categoria, que está cheia de grandes nomes. Os médios são uma categoria em que não tem uma luta tranquila: é sempre pedreira”, declarou Soldado.

Wendell, por sua vez, destacou sua experiência em grandes duelos pelo mundo e ressaltou que não pretende deixar o confronto ser decidido pelos juízes. Com 45 combates em seu currículo, o lutador do Rio de Janeiro declarou que não vai mudar seu estilo de preparação especialmente para Soldado.

“Minha expectativa para enfrentar o Renê é a mesma que eu tenho em todas: me preparar da melhor forma possível, sem me basear pelo meu adversário ou pelo jogo dele, mas, sim, em aprimorar o que eu sei e tenho para demonstrar. Dessa vez não vai ser diferente: vou para nocautear, para buscar a vitória pela via rápida; não quero deixar para a decisão dos juízes. Espero que ele corresponda da melhor forma possível, para que seja uma boa luta. Sei que ele é um atleta duro, forte, tarimbado, mas eu gosto disso, de enfrentar os melhores”, disse Oliveira, de 37 anos, também conhecido como “The Machine”.

A ideia de não deixar a luta durar os 15 minutos regulamentares é a mesma de Renê. O recifense prometeu um combate em altíssimo nível, a fim de que os dois deixem sua marca na ascendente trajetória do Taura MMA.

“Aguardem: dia 23, vou estar dando minha melhor versão, em busca do nocaute ou de uma finalização, como sempre faço. E, como eu sempre digo, não deixo luta para as mãos dos juízes. Com certeza, essa luta vai terminar antes dos três rounds, antes do previsto, e vamos fazer uma guerra para agitar essa categoria. Quero fazer a luta da noite e uma das melhores da história do Taura”, encerrou Soldado.

CARD PROVISÓRIO:

Taura MMA 10
Upper Arena, no Rio de Janeiro
Sexta-feira, 23 de outubro de 2020

Cinturão peso-mosca: Felipe Gheno (C) x Bruno Korea
Cinturão peso-galo: Douglas He-Man (C) x Ary Farias
Cinturão-peso-palha: Yasmin Castanho (C) x Bruna Vargas
Cinturão peso-pena: Isaac Moura (C) x Gian Sarturi
Peso-médio: Rousimar Toquinho x Sean Loeffler
Peso-médio: Serginho Moraes x Jared Revel
Peso-médio: Wendell Negão x Renê Soldado

Você pode Gostar de:

Com nova geração de lutadores, Brazilian Top Team tem maratona de eventos até o final do ano

  Uma das equipes mais tradicionais e conceituadas do mundo, a Brazilian Top Team estava …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *