segunda-feira ,21 setembro 2020
Home / MMA nacional / Taura MMA mira incomodar em 2021 e prevê ultrapassar o UFC

Taura MMA mira incomodar em 2021 e prevê ultrapassar o UFC

 

As recentes contratações do Taura MMA têm agitado o mercado do esporte no Brasil e chamado a atenção até mesmo internacionalmente. Afinal, enquanto a grande maioria das organizações têm se retraído na crise econômica causada pela Covid-19, o Taura tem anunciado novos eventos e grandes estrelas com passagem pelo UFC. Mas, embora cause surpresa a alguns, a postura ousada no período ‘de baixa’ condiz com o planejamento da empresa para 2021, ano em que realizará 17 eventos.

De acordo com o CEO do Taura, Djonatan Leão, já no ano que vem a organização se igualará às ligas que rivalizam com o UFC. Ele explica que a contratação de grandes nomes do esporte e as iniciativas de promoção do evento devem resultar, em muito breve, em um salto da empresa para outro patamar.

“Muitos fãs de MMA têm se empolgado com nossa programação de eventos e nossas contratações de atletas de alto nível conhecidos do público. E posso adiantar que esse é só mais um passo no nosso planejamento. Nosso objetivo para 2021 é organizar 17 eventos e chegar ao mesmo nível das principais ligas de MMA do planeta, como Bellator, ONE e PFL. Feito isso, em seguida nossa meta será ultrapassar o UFC”, previu Leão.

Para dar conta do calendário intenso do ano que vem, o Taura tem reforçado seu elenco com uma extensa relação de estrelas. É o caso de Rousimar Toquinho, William Patolino, Guto Inocente, Antônio Pezão, Efrain Escudero, Bruno Korea, José Maria ‘No Chance’, Renan Barão, Daniel Sarafian, Paulo Thiago, Gleison Tibau, Fábio Maldonado e Godofredo Pepey, entre outros.

Além dos 17 eventos previstos para 2021, há quatro outros cards confirmados para o fim de 2020 – Canoas (RS), em 23 de outubro, Kissimmee (EUA), em 30 de outubro, Atlantic City (EUA), em 21 de novembro, e Rio de Janeiro (RJ), em 6 de dezembro.

Sobre o Taura MMA

Fundado por Djonatan Leão em 2016, o evento começou com o nome de CTNV, sigla para Circuito Team Nogueira Viamão, e pouco a pouco se tornou um dos mais respeitados do Sul do país, iniciando uma parceria de transmissões com o canal Combate já em sua segunda edição. Em 2019, com o objetivo de conquistar o país, a organização fez uma reformulação e, sem deixar de lado suas raízes, passou a se chamar Taura – uma homenagem à gíria gaúcha que define aquele que é especialista em qualquer assunto.

Você pode Gostar de:

Com nova geração de lutadores, Brazilian Top Team tem maratona de eventos até o final do ano

  Uma das equipes mais tradicionais e conceituadas do mundo, a Brazilian Top Team estava …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *