quinta-feira ,22 outubro 2020
Home / MMA internacional / Em busca de redenção no Bellator, Rafael Carvalho comenta subida para os meio-pesados: ‘Luto para ser campeão de novo’

Em busca de redenção no Bellator, Rafael Carvalho comenta subida para os meio-pesados: ‘Luto para ser campeão de novo’

Em busca de redenção no Bellator, Rafael Carvalho comenta subida para os meio-pesados: ‘Luto para ser campeão de novo’

 

Primeiro brasileiro a se consagrar campeão peso-médio do Bellator, Rafael Carvalho busca retomar os dias de glória na organização. Aos 33 anos, o atleta venceu sua última luta na edição de número 224, em setembro do ano passado, quando derrotou Chidi Njokuani por decisão unânime. Vindo de um revés para Vadim Nemkov, em sua estreia na categoria dos meio-pesados, Rafael falou sobre o quanto a pandemia atrapalhou seus planos para 2020.

“Não digo que a pandemia atrapalhou tanto nos treinos e na minha carreira, acredito que ela fez com que a gente fizesse um trabalho mais inteligente. Tivemos que evitar qualquer tipo de aglomeração, contato físico não necessário, mas consegui trabalhar de um jeito inteligente e manter a forma”, comentou o ex-campeão.

Somando 16 vitórias em 20 confrontos, sendo sete delas no palco do Bellator, Rafael não só alcançou o título, como o defendeu em três oportunidades na organização. Responsável por dar as “boas vindas” para Lyoto Machida, Rafael acabou sendo derrotado pelo ex-campeão do UFC em resultado muito controverso na época. Com apenas uma vitória em suas últimas quatro lutas, o brasileiro avaliou a atual fase.

“Avalio a minha fase como regular, venho de uma vitória, uma derrota, então a fase não está tão boa como gostaria, mas não está ruim. Acredito que tenho que melhorar, mas tudo é uma fase, sempre é temporária, nunca é eterna. O que eu tenho que fazer é treinar, treinar e melhorar a fase o mais rápido possível”.

Natural do Rio de Janeiro, Rafael Carvalho mora atualmente nos Estados Unidos, onde recentemente foi pai de gêmeos ao lado da também lutadora Marília “The Tigress” Morais. Na nova categoria, Rafael espera não só relembrar os grandes momentos, como chegar a uma disputa de título novamente. Com 12 vitórias por nocaute no currículo, o representante da equipe American Top Team sabe que precisa de uma boa sequência para voltar a ter uma chance pelo cinturão seja na categoria dos meio-médios ou dos pesados.

“O foco é sempre chegar no topo da montanha. Eu treino para ser campeão de novo, independente da categoria. Sei que tenho que trabalhar, ganhar as lutas e mostrar que sou merecedor. Sobre voltar ao peso médio, ainda pode ser uma opção dependendo de como for o corte de peso, quem sabe, futuramente, se for uma luta interessante e tiver bem cotado, posso disputar novamente o título da categoria”, encerrou.

Após cinco meses, o Bellator retorna no próximo dia 24 de julho, com seu primeiro evento pós-pandemia. Já o brasileiro se prepara para um retorno possivelmente em agosto, pela divisão dos meio-pesados.

Você pode Gostar de:

Patricky Pitbull explica crise de labirintite que o retirou do card do Bellator: “fique bem tonto dessa vez”

Uma crise de labirintite retirou o peso-leve Patricky Pitbull do card do Bellator 249, que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *