domingo ,25 agosto 2019
Home / MMA internacional / Dana afirma que McGregor pode ser ‘reserva’ de Khabib e Poirier em caso de lesão no UFC 242

Dana afirma que McGregor pode ser ‘reserva’ de Khabib e Poirier em caso de lesão no UFC 242

 

Mesmo sem lutar há mais de nove meses, a relação de Conor Mcgregor com o presidente do UFC, Dana White, não se abala. A amizade e respeito construídos nos últimos anos fez com que o irlandês tenha algumas regalias acima de outros atletas da organização. Em sua última coletiva, após o UFC 240, Dana revelou que o ex-campeão dos penas (até 65,7kg.) e leves (até 70,3kg.) pode ser o ‘reserva’ imediato no combate principal do UFC 242, em setembro, caso um dos desafiantes ao título dos leves esteja impossibilitado de lutar.

“Conversei com Conor (McGregor) na última semana. Ele quer voltar a lutar e está de olho no mês de setembro, e como as coisas vão acontecer até lá. Eu estive pensando que, até o momento, Khabib (Nurmagomedov) e (Dustin) Poirier vão lutar. Mas todos nós sabemos como são as coisas no MMA. Tudo pode acontecer, e normalmente acontece. Por isso acho que é uma questão de esperar os acontecimentos e ver se aparece alguma para que ele possa preencher alguma vaga que apareça”, confessou White.

Caso o imprevisto aconteça, Conor estaria passando à frente de Tony Ferguson, a quem o presidente já havia declarado que estaria em primeiro lugar da fila para encarar o vencedor entre Khabib e Dustin. Desde que derrotou José Aldo, em 2015, e começou a cumprir todas as promessas que havia realizado no mundo do MMA, McGregor se tornou uma espécie de cupom dourado. Em todos os cards em que é inserido, a rentabilidade do evento aumenta consideravelmente.

Conor, inclusive, esteve envolvido, em uma super luta envolvendo o lendário campeão mundial de boxe, Floyd Mayweather, ocorrida em 2017 e que rendeu às partes cifras milionárias. O irlandês saiu derrotado do confronto, mas conseguiu uma estabilidade financeira na qual permitia que o atleta não precisasse mais lutar em sua vida. O espírito de competição, no entanto, falou mais alto e Conor decidiu retornar ao UFC.

Você pode Gostar de:

De contrato novo, José Aldo mira categoria dos galos e desafia Henry Cejudo: ‘Aceita a luta, irmão’

  Uma das lendas entre os penas (até 65,7kg.) do MMA, José Aldo, decidiu fazer …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *