quinta-feira ,27 fevereiro 2020
Home / MMA Pará / Michel Pereira “Demolidor” fala sobre a sua estréia no UFC neste sábado

Michel Pereira “Demolidor” fala sobre a sua estréia no UFC neste sábado

O “showman”, Michel Demolidor não é um lutador comum. O paraense abusa da boa luta, em performances cheias de piruetas, golpes acrobáticos e voadoras. Talvez isso que tenha chamado a atenção de Dana White, que contratou o lutador para o Ultimate Fighting Championship (UFC).

O tucumaense faz a sua estreia na organização no UFC Rochester, neste sábado (18), em Nova York. O confronto será no card preliminar contra Danny Roberts, pelo peso -meio-médio.

Aos 25 anos, Demolidor tem cartel de 22 vitórias, oito derrotas e dois “No Contest” (luta sem resultado). Já Roberts, 31 anos, é inglês e tem um cartel de 16 triunfos e quatro reveses.

Michel, você faz sua estreia agora no UFC. Uma grande organização e com os melhores lutadores de MMA, a preparação certamente é mais intensa. Fala um pouco sobre o período que assinou o contrato até o confronto.

Estou muito feliz pela contratação. É algo que eu estava esperando faz tempo, já estava passando da hora. Me preparei muito bem para essa estreia. Fiz o camp na cidade de Fernandópolis com a minha equipe. E chegou a minha hora! Vou mostrar pro mundo quem é o Michel Demolidor!

O Pará tem alguns lutadores na organização, mas ainda longe de conquistar pelo menos a disputa de um cinturão, achas que você pode ser essa pessoa que irá chegar ao topo?

Estou batalhando para isso. Quero conquistar meu espaço mostrando meu estilo, minha forma de lutar. E quero chegar lá representando todo mundo: o Sul do Pará, o Estado do Pará e o Brasil inteiro!

Como sentes o apoio do público aqui?

Eu ainda não vejo muito por estar longe no dia-a-dia, mas a gente acaba ouvindo algumas coisas. Fiquei sabendo que as pessoas estão se reunindo lá no Sul do Pará para assistir à luta e torcer por mim. Fico muito feliz com esse carinho.

Me fala um pouco das tuas perspectivas com a luta e dentro do UFC?

Me preparei muito para isso e agora vou mostrar o meu dom, meu talento. E também o meu estilo de luta, que foi tão criticado no começo, e depois viralizou com os vídeos. Quero me tornar o grande showman do evento. Eu não vou entrar lá só para lutar e ganhar, mas para dar um show para todo mundo que pagou o ingresso ou o Combate para me assistir. Me vejo crescendo muito dentro do UFC com meu estilo de luta.

Fonte DOL

Você pode Gostar de:

Deiveson “Deus da Guerra” fala sobre a rivalidade contra Benavidez

O dia 29 de fevereiro marca a primeira disputa de cinturão do UFC envolvendo um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *