quinta-feira ,21 novembro 2019
Home / MMA internacional / McGregor projeta venda de três milhões de pay-per-views no UFC 229

McGregor projeta venda de três milhões de pay-per-views no UFC 229

Foto Marcelo Barone

Após a saída do rival, a coletiva de imprensa nesta quinta-feira (04), foi dominada por Conor McGregor. Sem Kabib Nurmagomedov, o irlandês deixou seu lado provocativo e mostrou sua personalidade empreendedora. ‘Notorious’ afirmou que o UFC 229 deve atingir a marca inédita de três milhões de pacotes de pay-per-view comercializados. Com isso, o irlandês deve receber um pagamento total de US$ 50 milhões.

“Estamos esperando a venda de 3 milhões a 3,5 milhões, eu estimaria que vamos ganhar próximo da marca de 50 milhões. Ele diz que eu estou aqui pelo dinheiro. Mas eu já tenho muito dinheiro!”, disse Conor.

Sem esquecer do arquirrival, McGregor garantiu que está preparado e ciente do que Khabib irá fazer dentro do octógono. “Espero pânico dele no começo. Mas não estou nem aí, já vivi de tudo na carreira. Estive cansado lá, estive no chão e em todas as situações no maior palco do mundo. Sou um veterano. Ele está com medo de levar uma raquetada. Ele é um “flincher”, como chamamos entre os amadores. Ele também vai recuar. Estou muito ciente do que está acontecendo. Nada vai me surpreender”, explicou Conor.

O ex-campeão voltou a afirmar que irá nocautear o russo. Mesmo se vencer e recuperar o cinturão, McGregor negou que a rivalidade acabará após a luta.

“Há coisas muito mais profundas do que apenas esta luta. Vou resolver isso de uma forma nobre no sábado, e veremos o que acontece depois. F***-se a paz! Nunca haverá paz aqui! Eu sempre disse que você deveria mirar na paz, mas se não puder mirar nela, mire entre os olhos. Isso nunca vai mudar!”, disse o irlandês.

Aos final da coletiva de imprensa, McGregor cobrou Dana White uma luta em um estádio na Irlanda.

“Cadê a minha luta em Dublin? Sei da situação no Croke Park, e queremos fazer algo muito grande. Mas que tal o Ringside? É um pub, só cabem 50 pessoas, mas eu lutaria. Tem que perguntar para o Dana, mas eu quero e vou lutar novamente na Irlanda”, concluiu Notorious.

Você pode Gostar de:

Ronaldo Jacaré, Maurício Shogun e Do Bronx lideram ‘legião brasileira’ em card do UFC São Paulo

  Em seu terceiro evento no Brasil em 2019, o UFC desembarca em São Paulo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *