sábado ,14 dezembro 2019
Home / MMA internacional / Com sete vitórias, brasileiros passam invictos pelo Brave 15

Com sete vitórias, brasileiros passam invictos pelo Brave 15

 

O Brave 15 foi disputado na noite da última sexta-feira, em Bucaramanga, Colômbia. Porém, quem brilhou foi a legião de brasileiros que esteve em ação. Os sete brazucas que participaram do evento saíram vitoriosos e todos com finalização ou nocaute. Destaque para a luta principal, onde Godofredo Pepey fez uma estreia vitoriosa, mostrando paciência no chão para desenvolver seu jiu-jitsu e eventualmente finalizando o dono da casa Alex “Rolo” Torres com uma chave de braço.

Após a luta, Pepey agradeceu aos companheiros e mandou um aviso a toda a divisão peso leve do Brave, garantindo que chegou para buscar o cinturão.

“Eu me sinto o campeão do Brave hoje em dia. Isso porque eu sei que posso bater de frente com todos os atletas da categoria e sei que posso vencê-los”, comentou o brasileiro.

Na luta co-principal, o faixa-preta de jiu-jitsu Gabriel “Fly” Miranda mostrou todo seu refinamento técnico ao não tomar conhecimento de Fernando Noriega e encaixar uma guilhotina modificada e encerrar a luta nos dois primeiros minutos. A exemplo de Pepey, “Fly” também garantiu que estará entre os principais atletas de sua divisão nos próximos meses.

Destaque também para o nocaute brutal de Geraldo “Luan Santana” Neto, que apagou Jaime Cordova com uma sequência violenta de socos em pé, e a finalização do peso leve Cleiton Predador, que mostrou versatilidade ao jogar o duelo com Marcelo Bustos para o solo e buscar os três tapinhas.

Resultados Brave 15:
Peso leve: Godofredo Pepey venceu Alex Torres por finalização – R1
Peso pena: Gabriel “Fly” venceu Fernando Noriega por finalização – R1
Peso leve: Cleiton Predador venceu Marcelo Bustos por finalização – R1
Peso leve: Ricardo Tirloni venceu Ramón Cardozo por finalização – R2
Peso meio-médio: Geraldo “Luan Santana” venceu Jamie Cordova por nocaute – R1
Peso meio-médio: Mauricio Reis venceu Mauricio Otalora por finalização -R1
Peso casado (80 kg): Eduardo Garvón venceu Matías Juarez por finalização – R1

Você pode Gostar de:

Cotado para voltar em 2020, Marreta fala sobre recuperação e expectativa por nova disputa de título: ‘Estou com fome’

  Derrotado por Jon Jones na decisão dividida em disputa de título que aconteceu no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *