domingo ,27 setembro 2020
Home / MMA internacional / Jones mira mais duas lutas com ‘DC’ e dispara: ‘Quero esmagar sua confiança’

Jones mira mais duas lutas com ‘DC’ e dispara: ‘Quero esmagar sua confiança’

Enquanto aguarda pelo seu retorno ao MMA, Jon Jones já mira um velho conhecido para a volta ao octógono. Suspenso desde agosto de 2017 após cair no doping mais uma vez, o ex-campeão da categoria meio-pesado citou novamente o nome de Daniel Cormier, seu desafeto e atual detentor de títulos em duas divisões no Ultimate: meio-pesado e pesado.

Em entrevista ao site RT, Jones comentou sobre o feito que Cormier realizou ao nocautear Stipe Miocic e se tornar o segundo lutador na história do UFC a ter dois títulos simultâneos.

“Na noite da luta, eu fiquei confuso. Primeiro, fiquei surpreso, depois, desapontado, porque Daniel Cormier foi coroado campeão dos pesados e dos meios-pesados, e no meu coração eu sei que ele não é o campeão meio-pesado, então me incomodou de início”, disse Jones.

“No outro dia, horas depois de acordar, percebi que não posso ser um ‘hater’. O sucesso de outra pessoa não tem nada comigo. O que Deus tem para o Cormier é o que tem para o Cormier, e o que ele tem pra mim é o que tem para mim, então precisei achar um lugar no meu coração para ficar feliz por ele”, completou, mostrando felicidade pelo feito do rival.

Apesar de ter mostrado uma leve compaixão por “DC”, Jones exibiu o desejo de lutar com Cormier mais duas vezes, com a intenção de lhe tomar os dois cinturões conquistados.

“Acho que ganhar em uma terceira vez faria algo com a confiança dele. Em sua cabeça, ele acha que ainda pode me bater, especialmente porque a luta estava franca quando o nocauteei. Quero esmagar a confiança dele. Quero deixar claro que serei o Cael Sanderson, que foi o wrestler que ganhou dele sete vezes, e serei o Cael Sanderson dele”, atacou Jon.

“Indo para a nossa quarta luta, uma possível quarta luta pelo cinturão dos pesados, sua confiança não o deixaria no lugar certo, e acho que isso me ajudaria a vencê-lo pela quarta vez e tirar o cinturão dos pesados. Acho que sei o segredo dele”, concluiu o ex-campeão.

Jon Jones e Daniel Cormier lutaram duas vezes. A primeira foi em 2015, no UFC 182, com “Bones” vencendo por decisão unânime e mantendo o cinturão meio-pesado. O reencontro foi em 2017, no UFC 214, com Jon novamente vencendo, desta vez por nocaute, e retomando o título que estava com Daniel. No entanto, a luta teve o seu resultado alterado para “No Contest” após doping de Jones, e o cinturão retornou para as mãos de Cormier

Você pode Gostar de:

Fakhreddine vence Gaúcho e se sagra novo campeão do BRAVE CF; Felipe Silva perde para inglês

  O Brasil tinha dois representantes importantes no card do BRAVE CF 41, realizado nesta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *