sábado ,14 dezembro 2019
Home / MMA Pará / Larissa Pacheco aposta na maturidade por nova chance no UFC

Larissa Pacheco aposta na maturidade por nova chance no UFC

Foto Evelyn Rodrigues

 

Em 2014, aos 20 anos de idade, Larissa Pacheco foi contratada pelo UFC como uma das promessas do MMA feminino do Brasil. Na época, a campeã do Jungle Fight não conseguiu render no Ultimate e acabou demitida após duas derrotas. Agora, terá uma nova chance. Ela é a única brasileira selecionada para a 28ª temporada do reality show “The Ultimate Fighter”, que estreia no dia 29 de agosto e terá um total de oito mulheres no peso-pena (até 66kg) e oito homens no peso-pesado (até 120kg). Cada vencedor do torneio em sua categoria receberá um contrato de seis dígitos com o UFC, e os times serão liderados pelo campeão dos médios, Robert Whittaker, e o número 4 do ranking, Kelvin Gastelum.

– Estou me sentindo bem em ser uma das selecionadas, tinham outras brasileiras, fiquei muito feliz por isso. Não conheço muito as outras lutadoras, minha mãe que é mais ligada, fica me ligando e falando das meninas. Minha passagem pelo UFC foi rápida, não pude mostrar o que sabia fazer, lutei com meninas muito experientes e eu era muito nova. As coisas aconteceram muito rápido na minha vida, entrei no UFC e já peguei lutas muito expressivas, acho que agora tenho capacidade de mostrar um pouco mais de mim, o meu trabalho, tenho mais segurança por isso – conta a paraense.

Na primeira passagem pelo UFC, Larissa foi chamada em cima da hora para substituir a canadense Valerie Letourneau no UFC Brasília, em setembro de 2014, e acabou finalizada por Jessica Andrade. Seis meses depois, no UFC 185, acabou superada por Germaine de Randamie por nocaute técnico após ter o braço quebrado num chute durante o combate. A lesão afastou a brasileira por mais de um ano das competições.

– Eu quebrei o meu braço na minha última luta no UFC e tive que passar por cirurgias, recuperação, e sempre que estava próxima a me recuperar, eu quebrava de novo e de novo. Eu falei: não vou mais fazer nada esse ano, não vou lutar, não vou forçar. Fiz um tratamento e fiquei boa. Aí fiz uma luta, que foi muito boa por sinal, que foi quando meu nome começou a ser falado de novo.

O retorno foi em março desse ano, quando finalizou Karolline Rosa Cavedo no WOCS 49 no segundo round. Foi a primeira luta de Larissa na divisão peso-pena, categoria que acredita ser a ideal para continuar a carreira, que conta com 11 vitórias e duas derrotas.

– Eu lutava de peso-galo e ficava muito debilitada para bater o peso, por causa da minha altura e da minha estrutura óssea, ficava muito magra mas não ficava bem, não conseguia me recuperar. Fiz a estreia no peso, me senti muito bem, muito à vontade, realmente eu vejo que essa é a minha categoria. Eu acho que vou me sentir tranqüila dentro da casa, vou ficar o mais relaxada possível, principalmente com a questão do peso, não vou me pressionar. Todo mundo está na mesma situação, se eu ficar tensa demais isso pode me prejudicar. Vou ficar o máximo tranqüila e preparada psicologicamente para isso.

Durante a seleção das candidatas, a campeã peso-pena do Ultimate, Cris Cyborg, fez uma aparição na gravação em Las Vegas. Apesar de gostar de uma luta entre a curitibana e Amanda Nunes, campeã peso-galo, Larissa acredita na importância de Cyborg para desenvolver a divisão até 66kg.

– Ela é uma campeã incrível, não tem o que falar nada dela. Se um dia tiver a oportunidade de enfrentá-la, será uma honra. Conversei e falei um pouco com a Cris, ela chegou a me dar uma camiseta, foi muito simpática e muito tranqüila, foi legal poder vê-la. Acho que seria uma luta boa para as duas, mas acho que a Cris não deveria abandonar a categoria dela, logo agora que ela conquistou e tem o TUF para crescer ainda mais a divisão. Se você tem um grande campeão, você tem vontade de ser tão bom quanto ele… acho que só fortalece a categoria.

Fonte Canal Combate

Você pode Gostar de:

7 Luzi Fight MMA acontece nesta sexta em Sta Luzia(Pa)

  O Luzi Fight de MMA realiza nesta sexta-feira (13 de dezembro) a sua 7ª …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *