sexta-feira ,18 outubro 2019
Home / MMA internacional / Sem resposta de Brunson, Cara de Sapato sugere duelo com Borrachinha no UFC SP

Sem resposta de Brunson, Cara de Sapato sugere duelo com Borrachinha no UFC SP

Foto Infoesporte

Antônio Carlos Cara de Sapato iria enfrentar Derek Brunson no dia 4 de agosto, no UFC 227, mas uma lesão no olho do americano fez o confronto ser cancelado. A organização tem tentado remarcar o duelo para o dia 22 de setembro, no UFC São Paulo, mas o brasileiro parece ter cansado de esperar uma resposta do número 6 do ranking e já mira em novos alvos, sugerindo até mesmo que faça a luta principal do último evento do Ultimate no Brasil este ano contra Paulo Borrachinha, atual oitavo colocado do peso-médio (até 84kg), três posições acima da sua, o que também incomoda o atleta da American Top Team (ATT).

– O ranking, como está sendo feito, realmente é uma coisa muito várzea. Até que ponto estes cara que julgam o ranking entendem (de MMA)? Fui campeão mundial de jiu-jítsu antes de entrar no cage para lutar. No jiu-jítsu, você é primeiro, segundo ou terceiro, não tem esse negócio de que é melhor na mídia. Tem que ganhar. E você vê o Adesanya e o Borrachinha, com três, quatro lutas no UFC, sendo que eu tenho mais finalizações que eles têm de luta no UFC. Como estão na minha frente? O ranking não está sendo respeitado, não sei qual o julgamento da gaelra. Venho de cinco vitórias seguidas, segunda maior sequência da categoria, só perco para o campeão, e eles estão mais ranqueados que eu. Até pedi para enfrentar Adesanya ou Borrachinha em São Paulo. Com Borrachinha poderia ser até luta principal de brasileiros, já que o evento é no Brasil, caso o Derek Brunson não possa lutar, mas posso lutar com todos eles – afirmou Cara de Sapato, em entrevista ao Combate.com.

Apesar do pedido para encarar Borrachinha, o faixa-preta de jiu-jítsu garante não ter qualquer tipo de rivalidade com o compatriota, apenas quer provar que o ranking está errado.

– Não tenho nada contra o Borrachinha, fomos da mesma casa, saímos do TUF, ele perdeu para o Marcio Lyoto na categoria até 84kg e deu declarações depois de que ele deveria ter lutado nos pesados, mas acho que seria pior para ele. Ele está aproveitando a onda, faz bem, o UFC está dando boas lutas para ele, pelo estilo dele sabemos qual estilo que casam para ele. Sinceramente, a única coisa que questiono é o seguinte: como ele vencendo os caras que venceu, e eu os que venci, pela trajetória que tenho, como está mais bem ranqueado que eu? Então propus fazermos a luta principal de São Paulo. Da forma como o ranking está sendo trabalhado, fica muito difícil dos atletas entenderem, mas ele está fazendo a parte dele, lutando e vencendo bem, só não compreendo o ranking.

Ao comentar a lesão no olho de Brunson, Cara de Sapato provocou o americano, mas contou que o duelo segue nos planos do UFC.

– Ele falou que se machucou cinco semanas antes da luta. Disse que teve lesão no olho. Tentaram achar outro adversário, mas não acharam ninguém que realmente fizesse sentido. Estamos tentando remarcar, mas ele não responde. Ele disse que teve lesão no olho, mas estou achando mesmo que ele não quer me ver (risos). O UFC quer marcar para São Paulo, já me falaram isso e falei que estava disponível, só que a gente não teve resposta dele. UFC disse que ele precisa ir em um médico para ter liberação para lutar em São Paulo, mas acho que é tempo suficiente para ele voltar. Não sei qual foi a lesão na verdade, não me falaram. Só sei que estão tentando casar essa luta, mas estamos dependente da resposta dele – disse.

A expectativa de Antônio Carlos Cara de Sapato é que ainda nesta semana ele receba uma definição sobre o caso.

Fonte Canal Combate

Você pode Gostar de:

Brasileiro Marcel Adur disputará título mundial do BRAVE no Bahrein

O peso mosca Marcel Adur terá nova chance de conquistar o título mundial de sua …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *