sábado ,14 dezembro 2019
Home / MMA internacional / Em busca de mais recordes, Patrício Pitbull enfrenta Daniel Weichel no Bellator 203

Em busca de mais recordes, Patrício Pitbull enfrenta Daniel Weichel no Bellator 203

Resultado de imagem para patricio pitbull bellator 203

 

Há oito anos no Bellator, Patrício Pitbull quer buscar ainda mais recordes em sua carreira vitoriosa. Ele liderar as estatísticas da organização com 18 lutas nos pesos penas, maior número de nocautes (6) e mais finalizações (4) e ainda pode alcançar outras marcas. Neste sábado (14), o brasileiro defende o cinturão da divisão contra Daniel Weichel, no Bellator 203, em Roma na Itália.

Pitbull atinge a marca de 19 lutas no Bellator, apenas um embate a menos que David Rickels. Se vencer, Patrício se iguala com Michael Chandler como lutador com mais vitórias na organização (15).

Em entrevista ao site “Combate.com”, o lutador brasileiro prometeu que vai buscar dos recordes possíveis. “Me sinto desafiado. Estreei em 2003, eu era criança, vou fazer 16 anos como profissional. Meu plano é defender, bater recordes, hoje eu sou o maior vitorioso na organização, estou lá há oito anos. Pretendo fazer lutas na categoria de cima e na categoria de baixo. Estou aberto a desafios e a bater cada vez mais recordes”, garantiu Patrício.

Patrício realizou seu treinamento para a primeira defesa do cinturão peso pena contra Weichel em Natal no centro de treinamento “Pitbull Brothers”. O camp teve um reforço de peso: o campeão olímpico de wrestling e desafiante ao título dos moscas do UFC, Henry Cejudo.

Pitbull e Weichel já lutaram em 2015, e brasileiro saiu com uma vitória do por nocaute no segundo round. Após três anos, Patrício acredita que seu jogo em pé melhorou e será uma das estratégias para vencer o adversário.

Weichel tem cartel vasto de 39 vitórias e nove derrotas, e vem de sequência de quatro triunfos consecutivos. Sua última luta foi contra John Macapá e o alemão saiu vitorioso.

O potiguar tem 26 vitórias e quatro derrotas, seu último compromisso foi contra Daniel Straus onde recuperou o cinturão ao finalizar no segundo round. O brasileiro vinha de derrota para Ben Henderson.

Você pode Gostar de:

Cotado para voltar em 2020, Marreta fala sobre recuperação e expectativa por nova disputa de título: ‘Estou com fome’

  Derrotado por Jon Jones na decisão dividida em disputa de título que aconteceu no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *