sexta-feira ,6 dezembro 2019
Home / MMA internacional / Cristiano Marcello deixa aposentadoria e acerta com o Brave

Cristiano Marcello deixa aposentadoria e acerta com o Brave

Foto: Marcelo Barone

 

Cristiano Marcello está de volta à ativa. Aos 40 anos, o brasileiro, que atuou pela última vez em fevereiro de 2014, anunciou com exclusividade ao Combate.com seu retorno ao MMA. Ele acertou um contrato com o Brave Combat Federation e seu reencontro com o cage está programado para dezembro, no Brasil, em edição ainda sem local e adversário definidos.

– É o que eu falo: a chama sempre está lá dentro. Estou vendo meus moleques indo bem no cenário nacional e internacional, sinto aquela vibração, aquela coisa de acompanhar o treinamento, a perda de peso, aquela adrenalina, aquela expectativa da vitória. Aquilo sempre esteve dentro de mim, foi reacendendo, recebi uma proposta maravilhosa do Brave, que está entre os melhores eventos do mundo. Então, nada melhor do que voltar. Fiquei muito feliz, sempre fui muito competitivo, lutei nos maiores eventos do mundo e nada melhor do que estar sendo abraçado por eles.

Líder da academia CM System, em Curitiba, onde treinam atletas como Elizeu Capoeira, Bethe Correia e Felipe Silva, todos do UFC, Cristiano Marcello celebra o fato de que seus filhos e seus alunos mais novos poderão vê-lo em ação pela primeira vez in loco.

– Estou em uma fase de readaptação, preparando meu corpo para o camp. Estou fazendo a preparação física diariamente com o Fernando Tavares, acompanhamento médico com o Marco Aranha e o treinamento na CM System com os meus atletas, que são os melhores do mundo. Meu treino mental é o mais importante. É uma equipe em ascensão, não tem preço. A minha cabeça nunca parou. O corpo, sim, mas a mente está funcionando 1000%. Quero que meus filhos me vejam lutando. Os meus atletas mais novos, que também são como filhos, também não me viram. Eu poderia ter escolhido lutar na Europa ou no Bahrein pelo Brave, mas escolhi o Brasil. Quero todos lá, a energia deles será muito importante. Gosto de sair na porrada, independetemente de resultado. Vou para ganhar sempre, mas busco o nocaute ou a finalização. Eu quero é tampar na porrada.

Oriundo da academia Chute Boxe, Cristiano Marcello estreou profissionalmente no MMA em 1997, quando venceu Cláudio de Souza pelo Brazilian Freestyle Circuit. O carioca, que passou por Meca, Pride, TUF e UFC, se despediu do octógono em fevereiro de 2014, em Jaraguá do Sul-SC, na derrota para Joe Proctor, por pontos. O seu cartel é composto por 13 vitórias – nove por finalização – e seis derrotas.

Fonte Canal Combate

Você pode Gostar de:

Khabib Nurmagomedov x Ferguson no UFC 249

  A luta entre Khabib Nurmagomedov e Tony Ferguson, enfim, deverá acontecer. O confronto – …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *