terça-feira ,15 outubro 2019
Home / MMA internacional / Sertanejo ignora má fase e aposta na experiência para superar chinês no UFC Cingapura: ‘Me sinto em casa no octógono’

Sertanejo ignora má fase e aposta na experiência para superar chinês no UFC Cingapura: ‘Me sinto em casa no octógono’

Resultado de imagem para felipe sertanejo

Felipe Sertanejo é um dos representantes do Brasil no UFC deste sábado em Cingapura. Sem lutar desde outubro do ano passado e vindo de duas derrotas consecutivas, ele ignora qualquer tipo de pressão e não acredita que esteja vivendo uma má fase. Contra o jovem chinês Yadong Song, que tenta a segunda vitória na sua segunda luta na organização, o aluno de Diego Lima vai para a ofensiva.

“Para ser sincero, vou lutar normalmente. Não tenho preocupação por estar vindo de resultados ruins, até porque acredito que vitórias e derrotas fazem parte da profissão que escolhi, estou no UFC desde 2011 e sei muito bem disso. Estou indo para buscar o nocaute, e para isso vou soltar meu Muay Thai. Claro que se tiver a oportunidade de levar a luta para o chão e usar meu ground and pound, vou fazer. Mas ele é forte, raspa bem e acho que, se acontecer de a luta ir para o chão, ele vai fazer de tudo para levantar, mesmo se estiver por cima”.

Sertanejo, 30 anos de idade, estreou no UFC em 2011. Na época, Song tinha apenas 13 anos de idade. Agora o brasileiro vai para a sua 12ª luta dentro da maior organização do mundo, enquanto o chinês, 10 anos mais novo, vai para a 16ª em toda a carreira, iniciada em 2013. Para o chute boxer, a experiência deve ser um fator de desequilíbrio no confronto.

“Com certeza isso faz eu entrar mais tranquilo do que ele. São tantas lutas no UFC que me sinto em casa dentro do octógono e com certeza vou explorar este fato ao meu favor. Estou confiante de que esta luta vai ser o ponto de partida para eu me recolocar nos trilhos da categoria novamente. É o maior evento do mundo, dois entram e apenas um pode sair vitorioso. Infelizmente nas últimas lutas não eram o meu dia, mas nada como um dia após o outro”.

UFC Cingapura

Sábado, 23 de junho de 2018

CARD PRINCIPAL (A partir de 9h de Brasília):
Peso-meio-médio: Donald Cerrone x Leon Edwards
Peso-meio-pesado: Ovince St-Preux x Tyson Pedro
Peso-mosca: Jessica Eye x Jessica-Rose Clark
Peso-meio-médio: Li Jingliang x Daichi Abe

CARD PRELIMINAR (A partir de 5h30 de Brasília):
Peso-galo: Teruto Ishihara x Petr Yan
Peso-galo: Felipe Sertanejo x Yadong Song
Peso-pena: Rolando Dy x Shane Young
Peso-meio-médio: Kenan Song x Hector Aldana
Peso-meio-médio: Jake Matthews x Shinsho Anzai
Peso-palha: Viviane Sucuri x Yan Xiaonan
Peso-mosca: Matt Schnell x Naoki Inoue
Peso-mosca: Jenel Lausa x Ulka Sasaki

Você pode Gostar de:

De contrato novo, José Aldo mira categoria dos galos e desafia Henry Cejudo: ‘Aceita a luta, irmão’

  Uma das lendas entre os penas (até 65,7kg.) do MMA, José Aldo, decidiu fazer …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *