terça-feira ,15 outubro 2019
Home / MMA internacional / Ronaldo Jacaré: “Em duas lutas serei campeão peso-médio do UFC”

Ronaldo Jacaré: “Em duas lutas serei campeão peso-médio do UFC”

Foto UFC

Em 12 de maio, Ronaldo Jacaré faz a segunda luta principal do UFC 224, no Rio de Janeiro. Cinco dias depois ele comemora cinco anos como atleta do Ultimate.

Ex-campeão do Strikeforce, o brasileiro já entrou no UFC como membro da elite do peso-médio, e segue assim até hoje. Tanto que, sendo o número 2 do ranking, ele não tem dúvidas de que uma vitória no Rio lhe credencia para uma disputa de cinturão.

“Não é desrespeitando nem subestimando ninguém, mas em duas lutas eu vou ser o campeão peso-médio do UFC”, declarou em conversa com a reportagem do UFC Brasil. “Eu acredito nisso, é a minha confiança e o que eu sinto que vai acontecer. Em duas lutas eu vou ser o campeão peso-médio do UFC”.

Mas antes ele precisa passar por Kelvin Gastelum. Lutador perigoso, o campeão do TUF 17 tem três vitórias no peso-médio desde a final do programa e ocupa o quinto lugar no ranking da categoria, mas ainda considera retornar aos meio-médios.

Questionado sobre o risco de enfrentar alguém que está atrás dele no ranking e ainda pensa em mudar de categoria, Jacaré garantiu que Gastelum é o adversário ideal para o momento.

“O risco você corre até se vai atravessar a rua”, afirmou. “O Chris Weidman não pode lutar, o Rockhold vem de derrota. O top que vem de boas vitórias, fora ter perdido para o Chris, é o Gastelum, então é com ele que eu tenho que lutar. Não tem outro”.

E se tudo correr como o planejado? Jacaré garante que o próximo passo é comprar uma passagem para Chicago e acompanhar de perto a revanche entre o campeão Robert Whittaker e o desafiante Yoel Romero.

“Eu vou estar sentado na primeira fila para subir no Octógono e desafiar o vencedor”

Primeira vez no Rio

Apesar de já ter lutado em eventos do UFC no Brasil, esta será a primeira vez que Jacaré entra em ação na Cidade Maravilhosa, onde morou e treinou por tantos anos.

“Eu estou muito feliz. Sempre teve UFC no Rio e eu nunca tive a oportunidade de lutar. Dessa vez é mais especial. Eu amo o Rio de Janeiro. Esse vai ser um grande evento, o card está maravilhoso, e eu estou feliz por fazer parte”.

Fonte UFC Brasil

Você pode Gostar de:

De contrato novo, José Aldo mira categoria dos galos e desafia Henry Cejudo: ‘Aceita a luta, irmão’

  Uma das lendas entre os penas (até 65,7kg.) do MMA, José Aldo, decidiu fazer …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *