sexta-feira ,22 novembro 2019
Home / MMA Pará / Flagrada no doping por esteroide, Amanda Lemos é suspensa por dois anos

Flagrada no doping por esteroide, Amanda Lemos é suspensa por dois anos

A lutadora peso-galo Amanda Lemos foi flagrada em exame antidoping por uso de esteroide, e recebeu uma suspensão de dois anos, segundo anúncio oficial da Agência Antidoping dos EUA (USADA, na sigla em inglês), órgão regulador de substâncias proibidas no UFC, nesta quarta-feira. A atleta paraense teve um resultado positivo para as substâncias estanozolol e 16β-hidroxiestanozolol, um metabólito do estanozolol, num exame em cima de uma amostra de urina colhida fora de período de competição, no dia 8 de novembro de 2017.

Estanozolol é uma substância não especificada, classificada como agente anabólico e proibida a qualquer momento sob a política antidoping do UFC, que adota a lista de substâncias proibidas da Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês). O esteroide é usado para pequenos ganhos musculares, com efeitos colaterais reduzidos.

Amanda Lemos, 30, só fez uma luta no UFC, em julho do ano passado, quando foi derrotada por Leslie Smith. Antes disso, estava invicta em sete lutas, com seis vitórias e um empate, e conquistou o cinturão peso-galo do Jungle Fight. Sua suspensão se iniciou retroativamente na data do exame, 8 de novembro de 2017, e portanto dura até 7 de novembro de 2019.

Fonte Canal Combate

Você pode Gostar de:

Silmar Sombra nocauteia no SFC 14 e mantém seu cinturão, confira os resultados do Sombra Fight Champions 14

  O SFC (Sombra Fight Championship) realizou nesta sexta-feira (15 de novembro) a sua 14ª …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *