quinta-feira ,21 novembro 2019
Home / MMA nacional / A guerra de sangue de Ary Farias no ACB 82

A guerra de sangue de Ary Farias no ACB 82

 

O Absolute Championship Berkut desembarcou pela segunda vez no Brasil e o palco da organização russa em solo brasileiro foi o Clube Hebraica, em São Paulo. O ACB 82 contou com um card repleto de lutadores do primeiro escalão do MMA mundial, entre eles estava Ary Farias que fez uma grande luta contra o compatriota Saimon de Oliveira e levou a melhor por decisão unânime.

Atleta sete vezes campeão mundial de Jiu-Jitsu em todas as faixas, Ary Farias entrou em ação pela segunda vez no ACB e conquistou sua segunda vitória. Se na estreia, Ary finalizou Nilton Gavião no segundo round, na luta seguinte o manauara precisou dos três assaltos e após batalha bastante equilibrada e sangrenta, levou a melhor sobre Saimon de Oliveira por decisão unânime. O atleta falou sobre mais um triunfo na organização e disse que chegou ao Absolute Championship Berkut para fazer a diferença.

“Foi uma grande batalha com um atleta de alto nível, mas graças a Deus e ao meu time eu estava muito bem treinado e pude sair de lá vitorioso. Essa foi a minha segunda luta pela organização e me sinto honrado em fazer parte dela. Pude mostrar na minha última luta o porque de ser parte do evento, vim pra fazer a diferença”, disse.

A luta foi bastante movimentada e sangrenta durante os três rounds, mas nada que tirasse o foco de Ary Farias no duelo.

“Nada tira o meu foco e a minha vontade de vencer. Para muitos que estavam de fora foi assustador, mas pra mim é algo normal, faz parte de ser atleta”, disse Ary Farias que garantiu que estava mais preparado para esse desafio do que na estreia.

“Eu amo competir e nas competições me sinto à vontade, em casa. Acho que nessa luta fiquei mais a vontade, pois me senti mais treinado e preparado do que na primeira e sempre será assim, vou treinar cada vez mais para chegar ao meu objetivo que é ser o campeão”, disse.

Em sua segunda luta no ACB, Ary Farias teve pela frente mais um compatriota, mas isso não incomoda o manaura que garantiu estar preparado para qualquer atleta independente da nacionalidade.

“Sou empregado do evento e sigo as ordens deles. Acredito que eles escolham sempre atletas de alto nível e que possam fazer um grande show, independente da nacionalidade. Estarei preparado para enfrentar qualquer um”, disse o atleta que também elogiou a estrutura do evento russo.

“A organização está de parabéns, já havia lutado no Rio de Janeiro e achei muito bom e dessa vez não foi diferente, o evento mostrou que veio para fazer a diferença no cenário da luta”, disse.

Ary Farias, agora soma sete vitórias e duas derrotas em seu cartel e após o resultado positivo, o manauara quer descansar para o próximos desafios.

“Agora vou descansar um pouco e cuidarei das minhas lesões para estar de volta aos treinos o mais breve possível. O futuro pertence a Deus, a mim cabe estar sempre treinando mais e mais”, disse.

Você pode Gostar de:

Show de finalizações agita a décima primeira edição do RBFC

Os fãs da arte suave deixaram o Ginásio do Esporte Clube Fluminense, em Rio Bonito …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *